segunda-feira, 21 de junho de 2010

É Proibido Jogar Lixo Neste Local

Num de nossos últimos encontros tivemos a grande oportunidade de assistir a um dos últimos ensaios do espetáculo : É Proibido Jogar Lixo Neste Local. Direção: Daniel Mazzaro.

Pudemos dar nossa opinião e tirar dúvidas sobre a preparação da peça, contexto, desempenho físico/ vocal dos atores etc etc. E isso é sempre relevante para nós que estamos iniciando. Eles foram super simpáticos e nos deram várias dicas e relatos do que têm que fazer e/ou abdicar para um bom desempenho num espetáculo.
Resenhas e críticas ainda não me atrevo a fazer... ;p.

Apenas que: Haja preparação física!! hehehehe!

Desculpe não postar o nome de todos que participam pois não estou lembrada de certeza, então melhor não citar nomes e acabar a esquecer algum!

Deixo com vocês o registro desse encontro:



Au revoir!




segunda-feira, 14 de junho de 2010

sexta-feira, 11 de junho de 2010

meu primeiro post :p



A Wand sempre falando do blog eu super empolgada pra contribuir e visualizá-lo mas sempre esquecia até porque minha vida estava tão conturbada que nem para acessar a internet tinha tempo, ai quando conseguia não lembrava o nome rs.

Mas entãooo, é com grande satisfação que realizo meu primeiro post aqui na esperança de ter inspiração de ideias legais pra publicar aqui. Até porque eu particularmente não me considero ainda tão por dentro das artes cênicas o quanto gostaria de estar, mas nada que o tempo não corrija. Nossa turma não tem um ano, é quase um bebê pra nascer e espero que seja maravilhoso quando aconteça! hehehe. Iniciou com umas 40 ou 50 pessoas divididas entre dias de segunda/quarta e dias de terça/quinta. O tempo foi passando, alguns sairam porque tinham outros compromissos importantes, outros porque não se identificaram mesmo, mas estes que ficaram... são os que desde o início já se mostravam mais interessados no que aquelas reuniões realmente propunham. Somos 11 hoje em dia, e nem parece que frequentávamos dias diferentes e sim que nos conhecemos de longa data.
Logo, podemos nos considerar vencedores o/, e espero que daqui a não muito tempo já tenhamos uma carreira encaminhada pelos palcos da vida.

Oh yeah baby adoro demais esse povo e sei que temos muito o que mostrar ainda.

domingo, 6 de junho de 2010

DICA DE LEITURA: CARTAS A UMA JOVEM ATRIZ - Marilia Pera


Resenha


Você, que quer ser atriz, deve muitas vezes perguntar a si mesma se, para exercer essa profissão, é necessário ter o dom no sangue. Talvez o dom não esteja no sangue, mas, certamente, o desejo de interpretar está, embora possa se manifestar mais cedo ou mais tarde em cada artista e não seja obrigatoriamente hereditário. No entanto, precisa ser burilado, porque a carreira é muito excitante e glamourosa, porém árdua.

O interessante desafio de colocar seu corpo, sua alma e seus sentimentos à disposição de personagens é um exercício constante que exige disciplina, estudo e perseverança.

Nestas cartas, Marília Pêra, além de narrar sua história de vida e experiências, ensina pequenos truques e técnicas para você conseguir trilhar seu caminho profissional e estrelar muito com sucesso.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

quinta-feira, 4 de março de 2010

Ensaio :D


Nessa quinta rolou os ensaios dos grupos para apresentação de homenagem ao dia da Mulher.
Na foto Aline e Jule :D

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Meninas de origem indígena participam de seleção para Tainá 3

Fonte: Portal Amazônia
BELÉM - As onze meninas de origem indígena, pré-selecionadas para o papel de protagonista do filme Tainá 3, chegaram em Belém do Pará, vindo de diferentes localidades do interior do Estado e também do Amazonas e do Amapá. De origem humilde e uma delas vai se tornar estrela de cinema, brilhando nas telas do Brasil do mundo.

Elas têm entre sete e oito anos e idade, estando acompanhadas dos pais ou responsáveis. A equipe de seleção, conduzida pelo diretor de elenco Cláudio Barros, percorreu milhares de quilômetros na Amazônia, durante meses, procurando e testando talentos para substituir a primeira Tainá, que foi Eunice Baía, no novo filme da série.

Hoje, Eunice é uma jovem de 18 anos, enquanto em Tainá 3 a pequena heroína aparece novamente aos oito anos idade. Cerca de 2.200 crianças foram testadas, filmadas e/ou fotografadas em dezenas de vilarejos e aldeias.
Uma parte dos testes realizou-se via satélite, por meio do sistema de educação à distância, que teve o uso cedido pelo governo do Amazonas e Roraima.

Treinamento

Cláudio Barros e sua assistente Michele Miranda vão treinar as candidatas para a seleção final que indicará a nova estrela. Elas estão hospedadas em um hotel de Belém, contando com assistência médica e odontológica. Enquanto ficarem à disposição da produção, receberão aulas de professores particulares, mantendo-se em dia com o currículo escolar.
A filmagem de Tainá 3, que será dirigido por Rosane Svartman, está programada para começar em junho próximo. Serão 09 semanas de trabalho na floresta. A estréia nacional deverá ocorrer nas férias de 2010/2011. (JK)

Site: http://portalamazonia.globo.com/pscript/noticias/noticias.php?idN=101157

Remontagem amazonense de "FLICTS" estreia em Manaus neste sábado

No ateliê de um artista plástico, as cores tomam vida e passam a buscar explicação para a existência de uma estranha cor, que insiste em ficar entre as cores nobres: FLICTS. O espetáculo este sábado (27) no Teatro Amazonas, em duas sessões, às 17h e 19h.

A obra de Ziraldo é uma adaptação com direção de Chico Cardoso e elenco formado pelos cantores Zezinho Corrêa, Márcia Siqueira, Arthemis Moreno e os atores Michel Guerrero, Ana Cláudia Motta e Vicente Henrique.

O maestro Paulo Marinho assina a direção musical do novo espetáculo da Cia. De Teatro Apareceu a Margarida, que completa 12 anos de existência.

Os ingressos estão a venda na bilheteria do TA nos valores R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia para estudantes).

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) por meio do Prêmio Myriam Muniz de Teatro, além da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) pelo programa Proarte apoiam o espetáculo.


Sinopse
Flicts, nem descende das cores primárias, tão pouco se associa a alguma variação cromática das paletas daquele ateliê. Embora fosse uma cor intrigante e reluzente, nunca é usada para nada. O pobre Flicts então, encorajado pela astuta cor Verde e pela arrogante cor Laranja, resolve deixar o ateliê e parte em busca de explicações para sua existência, vez que apenas ele, Flicts, não se parece com cor alguma devendo, portanto, buscar uma outra origem para sua duvidosa existência.

Depois de percorrer por muitos lugares e encontrar tipos diversos, descobre, finalmente, que deriva de um raro pigmento, achado somente no interior da floresta amazônica. Fora gerado a partir da folha da Imbaúba que muda de cor conforme a temperatura ambiente, ficando muito verdinha pela manhã, amarelecendo ao entardecer e incandescendo e refletindo a luz da lua quando chega a noite.

Flicts é, enfim, uma cor tão rara que o artista reluta em aplicá-la em qualquer obra sua, guardando-a para um quadro muito especial, que reflete a luz do luar e somente Flicts, a cor, poderá imprimir fidelidade de luz à obra tão sonhada pelo artista plástico, dono do ateliê.



Elenco

Zezinho Corrêa (flicts)

Márcia Siqueira (amarelo)

Michel Guerrero (azul)

Ana Cláudia Motta (vermelho)

Vicente Henrique (verde)

Arthemis Moreno (laranja)

Weldson Rodrigues (bailarino 1)

Magda Carvalho (bailarina 2)

Hamyle Nobre (bailarina 3)

Tereza Cristina (bailarina 4)



Ficha Técnica

Texto: CHICO CARDOSO (Inspirado na obra Flicts, de Ziraldo)

Direção, figurinos, adereços, músicas, iluminação e cenários: CHICO CARDOSO

Arranjos e Trilha Sonora: PAULO MARINHO

Produção executiva e maquiagem:

MICHEL GUERRERO

Coreógrafo: WELDSON RODRIGUES



SITE: http://portalamazonia.globo.com/pscript/entretenimento/agenda/evento.php?idEventoCultural=4223